02 setembro, 2011

                 ABSTINÊNCIA


Abasteço-me de tuas palavras,
Moça morena,
Minha morena essência.
Sofro quando não me falas;
Enlouqueço com tua ausência.

Não reconheço este sentimento,
Flor morena,
Louca tentação.
Não sei se é ternura,
Alguma espécie de amor
Ou simplesmente tesão.

Não sei o que me acontece,
Louca morena
Que não me sai da cabeça.
Só quero ouvir tua voz,
Dizendo qualquer coisa,
Antes que eu enlouqueça.

Pois só sei que abasteço-me de tuas palavras
E fico muito mal
Quando não te encontro aqui.
Sei Que dedico-te todos os dias o meu sêmen
E que a cada dia tem muito mais
Somente para ti!

2 comentários:

  1. Que imagem! Está adivinhando meus desejos...

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Desejo-te mais do que imaginas, minha doce Cadela...

    ResponderExcluir

Quero tanto ler tua paixão...